Joaquim Pires 2019-05-18T16:21:08+00:00
PT | EN
JOAQUIM PIRES

Nascido em 1952, dedicou quatro décadas da sua vida à pesca do bacalhau, antes de ocupar o tempo com as suas invulgares criações artísticas.

Autodidacta, de estilo marcadamente naïf, recupera material do lixo que transforma em seres ou objectos de aspecto bizarro e divertido. Em grande parte das situações, são as formas originais dos materiais que recolhe um pouco por todo o lado que lhe sugerem a ideia para cada uma das esculturas que cria.

Na casa atelier, em Viana do Castelo, onde vive e trabalha, já não sobra espaço para acomodar todas as peças criadas, pelo que as vai usando como adorno de toda a área envolvente, incluindo o jardim e o telhado da casa.

Todas as obras expostas no espaço da Cruzes Canhoto estão agora disponíveis para aquisição online.
Para o fazer, entre em contacto directo com a galeria.

Outras peças de Joaquim Pires podem ser vistas nas páginas destas exposições:
Desvios e Extravios