ARTE PRIMITIVA 2020-01-09T16:36:46+00:00
PT | EN
PROMOÇÃO DE ARTE TRIBAL

Chokwe, Kongo, Yombe, Pende, Lwena, Luluwa, Malinke, Makua e Lipiko, são nomes que não dizem nada à esmagadora maioria dos portugueses, ainda que estejam intimamente ligados à nossa presença em territórios africanos. Trata-se de povos residentes em Angola, Guiné e Moçambique, com uma rica e profusa criação artística associada a rituais que remontam aos mais ancestrais dos tempos.
Com o objectivo de promover a arte tribal em Portugal, a Cruzes Canhoto lança uma campanha em que se oferece uma peça na compra de uma outra. Para esse efeito, dividimos o total das máscaras e o das figuras da galeria em dois grupos, A e B, de um modo mais ou menos aleatório. Ao adquirir uma máscara do grupo A, pode escolher uma qualquer outra do grupo B, sem pagar mais por isso. O mesmo para as figuras.
De notar que, em média, as peças do grupo A têm o mesmo valor das do grupo B, num incentivo a que a escolha de cada objecto tenha mais a ver com o gosto estético do coleccionador e não com o preço que apresenta.

Se pretender adquirir alguma destas obras, entre em contacto directo com a galeria.

MÁSCARAS
Grupo A [vermelho]
Grupo B [amarelo]
FIGURAS
Grupo A [vermelho]
Grupo B [amarelo]